quinta-feira, 1 de março de 2012

"VELHO, VELHO, VELHO DOS TEMPOS DA UNIÃO NACIONAL"




A deputada Ana Drago, há tempo, teve uma intervenção na AR em que, para dizer quase tudo o que tinha a dizer ao deputado social-democrata Duarte Marques, nem teve tempo para respirar.

Sem gaguejar e deixando a criatura com o ar mais… Como dizer… Mais… (se eu não fosse uma pessoa educada diria mais enrascado. Como sou não digo)… Mais… encabulado e aflito (vá, que é mais soft!) que se pode imaginar.

Lembrou-lhe, por exemplo, que “o PSD criou a geração mais precária e agora tira direitos às gerações mais velhas”. Lembrou, não, ensinou-lhe (sim, que ele, quando o PSD criou a geração precária, era ainda de colo…)

Cantou-lhas (quase) todas.
A criatura, o sobredito Duarte Marques, é o novo chefe dos jovens sociais-democratas e é vice-presidente da Juventude Popular Europeia. (Da juventude popular europeia, não sei se me entendem).
E não é que para terminar ela referiu a “plástica” da criatura, que apesar dos seus verdes trinta anos é “um velho, velho, velho do tempo da União Nacional?”.

Abençoada Ana Drago.

Ele, coitadito, ficou a cuspir fininho (desculpem, mas o nojo faz-me ser vernáculo), entupido de todo.

Aposto que o mocico não vai esquecer mais, na vida, este incidente!

Ah! Falta dar a palavra a Ana Drago. Aí vai.

video

 

Web Site Counter
Free Dating Services

/* ---( footer )--- */